Obesidade: o perigo está em nossa mente

Sobrepeso é a existência de tecido gorduroso maior que o ideal para ficar saudável. Atualmente, o excesso de peso é comum em todas as idades devido à má alimentação e, um estilo de vida sedentário que provoca disfunções de glândulas e do aparato digestivo. Possibilidade de morrer de ataque cardíaco, desenvolver doenças respiratórias, além de problemas nas articulações, entre outras.

Vivemos em uma época em que a medicina moderna apresenta constantemente, aos olhos maravilhosos dos leigos as evidências de possibilidades ilimitadas surpreendentes. No entanto, cai no esquecimento quem de fato, somos. Somos mais que um emaranhado de músculos, tendões e ligamentos. A obesidade é um casulo que a pessoa cria para se esconder e se proteger dos problemas externos.

Leia mais

Compartilhar

Neurociências: O cérebro e sua capacidade

09 de Janeiro de 2015 - 15h38

Há alguns meses recebi o convite para escrever, a cada mês eu penso: "O que escrever?". Vira e mexe e lá estou eu, registrando meus artigos que acabam sempre com o mesmo tema de fundo. Dizem que o que não se parece com o dono é roubado. Concordo, uma vez que a nossa boca fala daquilo que o coração está superlotado. Um sentimento natural persiste e, faz o desejo de falar sobre uma estrutura complexa, que é o ser humano, aflora e fala mais alto. Assim sendo, aqui estou novamente falando sobre a incrível e fascinante fiação humana.

Leia mais

Compartilhar

Que tal correr atrás da sua FELICIDADE?!

01 de Abril de 2014 - 09h32

Não paramos para pensar em quem somos e o que somos. A recomendação de Sócrates, "Conhece-te a ti mesmo" é um conselho ou uma incumbência muito sábia. É um toque de inteligência emocional, chamando atenção para a consciência de nossos sentimentos e ações.

Normalmente não paramos para pensar, somos mais do que um emaranhado de ossos, músculos, tendões e ligamentos. Sem saber, nos deixamos levar pelas situações que a vida oferece; sentimos dores, vivemos frustrações e na maioria das vezes não entendemos e muito menos paramos para uma reflexão.

Leia mais

Compartilhar

Top